5 comentários em “O GOLPE MIDIÁTICO DO DEFUNTO

  1. Não sou de reler um livro nem repetir assistindo a um filme. Todavia, por diversas vezes, assisti a Um Morto Muito Louco (Weekend at Bernie’s – 1989).
    E, cada vez que eu assistia, gargalhava muito, mesmo considerando impossíveis aquelas cenas.
    Mas eis que, beirando 35 anos, aquele filme ganha um versão tupiniquim, com características semelhantes ao que realmente acontece nas filas dos bancos (públicos mais do que nos privados). Talvez só superadas pelas filas do INSS.
    Pedro Paulo Paulino é agraciado por uma visão crítica e abalizada, personalizada que favorece a umas pessoas ou estremece outras pessoas conforme os méritos ou deméritos.

    Esta história merece de Pedro Paulo Paulino a mesma habilidadosa redação dada ao caso da morte de um cachorro no avião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *