Segunda, 18 de Outubro de 2021
11 98117-1436
Canindé Canindé

Justiça revoga prisão de Maria Aparecida, suspeita de mandar matar o marido

Aparecida estava presa há 15 dias

11/10/2021 19h41 Atualizada há 5 dias
Por: Redação CNE Fonte: Wellington Lima
© Wellington Lima
© Wellington Lima

A Justiça da Comarca de Canindé, concedeu nesta segunda-feira (11) a liberdade provisória de Maria Aparecida Barroso, de 36 anos, presa cautelarmente suspeita de mandar matar o companheiro Jaelson Camelo de Oliveira, de 39 anos.

Aparecida deixou a Delegacia de Canindé agora a noite sob aplausos. Um grupo de mulheres com faixas “Liberdade Para Aparecida Barroso” foram para frente da Delegacia, aguardar ansiosas e felizes pela saída de Aparecida.  

Dra. Renata FonsecaDra. Renata Fonseca

De acordo com a sua advogada, Renata Fonseca, que desde o início da prisão trabalhou incansavelmente pela liberdade de sua cliente, Aparecida está bastante abalada, sem condições de conceder entrevista.

Advogada explica que Aparecida colaborou com a polícia, não tem antecedentes criminais, tem um filho menor de idade, residência fixa e atende os requisitos para responder ao processo em liberdade.

“Ela está sendo liberada com algumas medidas cautelares, mas nada que não possa ser cumprido, e será com toda certeza e ela acompanhará o processo dentro dos tramites que foram determinados pela autoridade judiciária” explica.

Dra. Renata informou ainda que tudo que sua cliente queria era ver o filho, ainda mais por amanhã ser o Dia das Crianças.

“Ela ficou muito feliz, muito grata a Deus, porque amanhã é o dia das crianças. Ela queria muito, muito mesmo passar essa data com o filho”, disse a advogada.

Para a revogação da prisão o juiz da Vara Criminal de Canindé, impôs algumas medidas cautelares, como: a proibição de se ausentar da comarca; se recolher em casa até às 19h, entre outras. Ela não fará o uso de tornozeleira eletrônica.

Aparecida e Antonio Herilson da Silva Lopes, 26 anos, foram presos temporariamente por decisão da justiça, no último dia 27 de setembro.

Veja o vídeo

Entenda

Segundo Daniel Aragão Mota, delegado responsável pelo caso, a mulher, Aparecida Barroso, descobriu que Jaelson mantinha um segundo relacionamento, envolvendo a própria filha, que hoje tem 20 anos. Apesar da morte da enteada não ter sido encomendada, ela acabou se ferindo por estar no momento do crime. Pai e filha foram baleados e seguem hospitalizados. A tentativa de homicídio ocorreu em junho deste ano, no bairro Palestina.

A Polícia Civil informou que algumas horas depois do crime, a Polícia Militar apreendeu Israel de Sousa Silva, de 20 anos, e um adolescente de 17 anos, ambos suspeitos de participar da tentativa de homicídio. Durante investigação foi apreendido um revólver, que teria sido utilizado no crime.

 O delegado disse que o "ficante" da jovem descobriu o relacionamento dela e do pai e decidiu fazer parte de um trisal, um relacionamento a três. Algum tempo depois o jovem contou o caso para Aparecida, que deu 3 mil reais para que Herilson contrata-se os autores do crime. Durante depoimento, Aparecida afirmou que depois de descobrir sobre os três tentou separação, mas recebia ameaças de Jaelson. A polícia aponta que ele queria manter à força o casamento para acobertar o relacionamento incestuoso que tinha com a filha.

Em depoimento à polícia, pai e filha confirmaram o relacionamento amoroso e negaram ter havido abuso. A jovem relatou ser apaixonada pelo próprio pai e que o relacionamento só teve início após ela completar 18 anos. Jaelson prestou depoimento à polícia, no Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza, onde está internado. Ele disse à polícia que a relação incestuosa havia terminado dois meses antes do atentado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Canindé - CE
Atualizado às 17h39 - Fonte: Climatempo
30°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 38°

31° Sensação
23.3 km/h Vento
50.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (19/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Quarta (20/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 38°

Sol com algumas nuvens